Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

Quem fala com coracao


Aninhada dentro de mim,
protegi-te como um anjo
proteja quem ama.

Falei-te de amor nas cartas, nos poemas,
nos versos que escrevi com o

coracao. Falei-te quando era crianca
inocente e ja te amava sem mesmo

antes de te conhecer.
Eu sou assim. Falo com o coracao. Sera crime?
Serei deserto, vago e sobrio. Com o tempo aprendi amar-te,
aprendi a sonhar contigo, acordado, tanto fazia de noite ou de dia
Contigo, do outro lado do mundo, do teu mundo, fiz com que ouvisses a minha voz, despida de dor, vestida de felicidade que te esperava.Amei-te de olhos fechados. Nesse meu mundo, que ardentemente te esperava.
Nunca aprendeste que o amor vence barreiras?
Talvez acreditei na fraqueza do teu amor, esse
foi o meu erro.
Um erro que hoje pago com a tua ausencia.

publicado por denguepaz às 13:44
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De jamour a 28 de Junho de 2007 às 00:48
aqui respira-se desilusao...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30

.posts recentes

. um dia

. lagrima

. possuir

. perdi

. Descobri

. sonhos

. so

. PAI

. AMAR

. sonho intocavel em mim

.arquivos

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Março 2007

.Videos

blogs SAPO

.subscrever feeds